Year 11 & 12 Field Trip

No âmbito das disciplinas de Educação Visual e Português – Língua e Literatura, o ano 11 teve a oportunidade de ir a uma visita de estudo no Instituto Camões, no Centro Cultural Português.

Em ambas as disciplinas, os alunos exploraram o conceito de identidade e investigaram de que forma isso pode ser mostrado através de imagens e literatura. 

O artista angolano Álvaro Macieira explicou  aos alunos a sua arte, incluindo símbolos, propósitos, cores e técnicas usados. Para além disso, Macieira relacionou a sua arte à sua própria identidade e experiências pessoais.

Os alunos de Educação Visual do  ano 12 também beneficiaram desta visita. A turma está agora a aplicar a inspiração do artista no desenvolvimento do seu próprio trabalho.

Year 11 visual arts and Portuguese language and literature students had the opportunity to go on an interdisciplinary field trip to the Instituto Camões at the Centro Cultural Português. 

In both subject areas the students were exploring the concept of identity and inquiring into how that can be shown through visual images and literature. 

The Angolan artist, Alvaro Macieira, guided the students through his artwork explaining the intentions of the symbols, colours and techniques used. He related it to his own identity and experiences. 

The year 12 Diploma visual arts students also joined them as part of their course. The students are now applying this inspiration to the development of their work. 

Apresentação Parceria Casa-Escola

P1030990-1o3d0th-1024x547

Um ice-breaker permitiu aos presentes efetuar uma troca inicial de opiniões sobre a forma como encaravam a educação, culminando este no consenso de que a mesma deve ser uma preparação para a vida. As Diretoras da Primária e da Secundária explicaram posteriormente o foco da aprendizagem nos três programas de International Baccalaureate ministrados na LIS. Com o auxílio de alguns diapositivos, foram apresentadas distintas situações de aprendizagem colaborativa, de pesquisa, de partilha de ideias e de resolução de desafios através da utilização de ferramentas diversificadas.

Foi desta forma assegurado aos Encarregados de Educação que apesar de por vezes surgir a ideia de que a aprendizagem ocorre de forma algo desorganizada, a ocorrência e a aceitação do erro são partes fundamentais do processo, evidenciando o desenvolvimento do pensamento, do conhecimento e da compreensão dos estudantes. Cada um dos programas da escola prepara os alunos para se tornarem independentes, porém a sua autoconfiança e sucesso pode ser fortemente desenvolvida e reforçada com o apoio parental. O tempo dedicado a escutar o seu educando enquanto este lhe explica o seu desempenho no final de um dia de escola ou quando participa num evento escolar é, sem sombra de dúvida, incalculável e indispensável.

P1030979-215ugcb-1024x708